Lá vem Maria

MEU PÉ DE MAMÃO RENASCIDO

jul 7, 2011 por

Não tenho um jardim como gostaria. Apenas três canteiros espremidos contra o muro e, do outro lado, uns quatro metros quadrados de terra, com palmeiras ao centro, orquídeas e bromélias incrustadas e ao redor.

No primeiro canteiro, espadas de São Jorge, samambaias e um pé de limão que apesar de lançar raízes rentes ao muro, insiste na produção farta. Nos outros decidi plantar coisas comestíveis, como taiá e hortelã. Mas sempre quis conviver com uma árvore de muitas flores e de posse de um galho de buganvil, enterrei como mandam as senhorinhas de lugar. Comemorei as primeiras folhas, mas mal deram sinal de vida e morreram. Ao mesmo tempo havia jogado ao acaso algumas sementes de mamão. Elas brotaram formando amontoado de pés de mamão em meio as ervas daninhas que cresceram em tempo de muita chuva. Era preciso retirar as ervas, mas com elas acabei arrancando um pezinho de mamão. Menor que os demais, havia ficado escondido entre as folhas das plantas intrusas.

Puxa, que pena! Se tivesse prestado um pouquinho mais  de atenção!

meu pé de mamão renascido

Apressei o replantio. Cavei ao lado, cuidei pra que a cova envolvesse, sem entortar, a raiz pontiaguda e fina. Depois de assentar a terra joguei  um pouco de água e o amparei comuma estaca. Mas, horas depois as folhas arriaram e o caule debruçou sobre a madeira. Causa perdida. Mas já que estava perdida, podia experimentar sem culpa. Tomei um pouco de água mineral  e adicionei umas gotinhas da minha fórmula floral. Uma espécie de travessura de criança, mas que não conseguia deixar de fazer. Fiz e aguardei. Um dia, dois dias, três dias. O mamoeiro continuava arqueado e eu frustrada.  Deixei de acompanhar  até que de repente, passando os olhos pelo local descobri uma folhinha. Voltei a seguir a plantinha. Vi surgiu mais uma folha e depois outra e outra.

Conclui: se serviu pro mamoeiro, serve pro buganvil. Corri, arranquei o galho aparentemente seco, replantei  e reguei com gotas do floral. Enquanto aguardava, passei a mostrar aos visitantes meu pé de mamão renascido.

Lendo novos textos a respeito dos Florais de Bach descobri que não há nada de novo na minha experiência, mas continuo mostrando àqueles que me visitam  o meu pé de mamão renascido, agora acompanhado do buganvil, já com o segundo galhinho repleto de folhas.

Posts Relacionados

Compartilhar

2 comentários

  1. EDUARDO

    P0XA FLORAL PARA PLANTA, NUNCA TINHA OUVIDO FALAR. QUAL O FLORAL QUE VOCE USOU?

  2. Silzi Mossato

    Olá Eduardo, no caso do mamão usei o Rescue Remedy. Sempre tenho essa essência em stock (concentrado)e colocava 4 gotas em um litro de água e usava para aguar as plantas. Mas já usei Olive para plantinhas que estavam fraquinhas, Olive + Rescue Remedy para as desidratadas e para ajudar no enraizamento usei Hornbean. Sempre que fica algum restinho de floral ou para as plantinhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *